10/03/2014
Seja o primeiro a comentar

Melhor idade: você está preparado para receber esse público?

Rafael Lima (Brasilturis)

Segundo Wilken Souto, coordenador geral de programas de incentivo do Ministério do Turismo, uma tendência do setor de viagens – não apenas no Brasil, mas no mundo – é trabalhar com o público da terceira idade. “Nosso País está envelhecendo. Temos mais de 24 milhões de pessoas acima de 60 anos”, aponta, em entrevista ao Brasilturis Jornal

No entanto, as empresas da indústria turística devem  estar atentas às necessidades específicas deste turista, que não deve ser visto de forma limitada. Souto, que representa o programa Viaja Mais Melhor Idade, da MTur, afirma que esse público é moderno, mais ousado, e busca qualidade durante suas viagens. 

A empresária Betty Fromer, autora do livro Turismo na Terceira Idade, indica aos agentes de viagens que uma das regras principais é não ver o idoso de forma infantilizada ou sua condição como uma deficiência. “Devemos sempre nos preocupar para que a pessoa cresça e adquira mais conhecimentos. Vivemos numa cultura que destaca o idoso como desinteressante, mas isso não é verdade. Eles têm muito o que o nos ensinar, e precisamos montar viagens interessantes para esse público”, conclui.

Para ler mais dicas sobre turismo na terceira idade, fique atento às próximas edições do Brasilturis Jornal, que ainda traz uma entrevista exclusiva com a apresentadora Helô Pinheiro, a Garota de Ipanema. Aos 68 anos e apaixonada por viagens, ela fala aos agentes as exigências desse público.

 

Viaja Mais

De olho neste segmento, o programa Viaja Mais Melhor Idade, da MTur, está firmando parcerias com a Associação Brasileira de Indústria de Hotéis (Abih), com o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) e com cruzeiros marítimos para ampliar o alcance da iniciativa, que oferece descontos especiais a aposentados que querem conhecer destinos famosos do País.

Vale ressaltar que Agências associadas à Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) e operadoras filiadas à Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) podem comercializar pacotes do Viaja Mais.

Avalie esta matéria:     0

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Olá Convidado
publicidade
Facebook
Twitter