31/10/2013
Seja o primeiro a comentar

Conheça algumas vantagens da poupança para crianças

Portal Futuro da Gente

 

Pequenas atitudes mostram na prática o valor e a importância do dinheiro e do planejamento.

Ao completar 15 anos, Manuella Diniz ganhou uma viagem para a Disney. “Isto só foi possível porque iniciamos uma poupança quando ela tinha um aninho. Combinamos que esse dinheiro seria utilizado para realizar um grande sonho. Ela escolheu Disney e o dinheiro foi suficiente para pagar a viagem. Com o que sobrou, reabrimos a poupança, que já está bem rechonchuda”, conta Rita Diniz, mãe de Manuella. “Quando completar 18 anos, teremos parte da entrada de um carro novo, mas ela sabe que só se passar na universidade pública. Isto tem funcionado, porque ela estuda bastante e evita gastar com supérfluos”, comenta.

Segundo a psicóloga Ana Maria Ribeiro, 39 anos, a maior vantagem da poupança para crianças é despertar o senso da responsabilidade. Mãe de Juliane, 7, e de Rebeca, 9, aproveita para ensinar educação financeira a elas. “As duas têm poupança desde pequenas. Elas controlam os depósitos e os rendimentos, fazem cálculos e traçam objetivos. Já autorizei uma pequena retirada para a compra de duas bicicletas. O restante elas pagaram com o dinheiro da mesada”, conta.

Para Ana Maria, pequenas atitudes mostram na prática o valor e a importância do dinheiro e do planejamento. “Hoje, as pessoas são muito imediatistas e acabam passando isso para os filhos. Devemos aprender desde cedo a importância de poupar. Isso acontece na prática, no dia a dia e com bons exemplos.”

Se seu filho ainda não possui uma poupança, saiba que nunca é tarde para começar. Uma boa dica é separar parte da mesada. Ele pode torcer o nariz, mas com o tempo verá que foi a melhor atitude. O ideal é incluir o pequeno em toda as etapas e definir metas para o futuro: qual o seu sonho, em quanto tempo poderá ser realizado, de que forma, o que é preciso fazer? No mais, é poupar e aprender a importância e as vantagens da poupança e de um bom planejamento a médio e longo prazo.

Avalie esta matéria:     0

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Olá Convidado
publicidade
Facebook
Twitter