20/09/2013
Seja o primeiro a comentar

Seu planejamento para a aposentadoria é sustentável?

Portal Futuro da Gente

O estilo de vida na aposentadoria depende do planejamento feito hoje. “Quanto mais cedo a pessoa se programar, mais tranquila ela ficará no futuro”, destaca o especialista em finanças Mauro Azevedo. De acordo com ele, quem pode contar com o apoio de entidades fechadas de previdência complementar, mais conhecidas como fundos de pensão, tem a possibilidade de se programar de forma mais efetiva para essa fase da vida.

“Esses planos funcionam como verdadeiros parceiros de quem pretende se aposentar de forma tranquila, sem depender unicamente dos benefícios da nossa Previdência Social.”

Azevedo explica que as entidades fechadas de previdência complementar são criadas por empresas preocupadas com o bem-estar dos funcionários. Por não terem fins lucrativos, todos os recursos desse plano são investidos no próprio fundo. Nele, o usuário encontra taxas menores de gestão financeira e ainda recebe as contribuições das patrocinadoras numa conta em seu nome. “Em muitos casos, as empresas costumam fazer uma paridade de contribuição ‘de um para um’. Para cada R$200 que se deposita, as patrocinadoras aplicam o mesmo montante.”

Apesar das facilidades oferecidas pelas patrocinadoras, é importante avaliar se os valores investidos mensalmente nesse fundo são capazes de manter, na aposentadoria, o estilo de vida desejado.

Se a resposta for ‘não’ ou ‘não sei’, o ideal é começar a se programar desde já. Sem planejamento, a vida financeira pode se desestabilizar e a pessoa se encontrar diante de situações inesperadas. Por isso, rever as contribuições é uma ótima alternativa para garantir uma renda extra no futuro. “Faça a simulação. Caso o valor final não seja suficiente para arcar com todas as despesas, o ideal é fazer um replanejamento o quanto antes”, completa o especialista.

Avalie esta matéria:     0

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Olá Convidado
publicidade
Facebook
Twitter