08/11/2013
Seja o primeiro a comentar

Com aulas de informática, idosos podem voltar ao mercado de trabalho

G1/MS

 A turma da terceira idade está vencendo o medo do computador e se apaixonando pela Internet. Os idosos estão cada vez mais conectados, e o aprendizado é bem visto pelos especialistas e também pode encurtar o caminho de volta ao mercado de trabalho. Esse foi o assunto escolhido pelos telespectadores do Bom Dia MS no quadro 'Enquete da semana'.

De tanto ver o neto e a filha conectados, a aposentada Maura Soares, de 71 anos, decidiu que era hora de descobrir o mundo virtual. Ela recebe aulas gratuitas de informática no Centro de Convivência do Idoso Vovó Ziza, em Campo Grande. Dona Maura está no início do curso, e vai aprender digitação, formatação de textos e navegação na Internet. O tempo de permanência de cada aluno varia de acordo com o grau de aprendizagem, segundo o instrutor.

No Brasil, estima-se que 25 milhões de lares têm computador, e destes, 63% estão conectados à Internet. Os jovens entre 15 e 19 anos são os que mais ficam online, mas apenas 20% da população com mais de 60 anos está na rede. Segundo o neurocirurgião César Nicolatti, o aprendizado de novas tecnologias propicia aos idosos mais atividade cerebral, e como consequência melhor qualidade de vida.

Entre a terceira idade, a informática também é uma ferramenta para a recolocação no mercado de trabalho. Na Fundação Ueze Zahran, o curso voltado para os idosos foi aberto há 13 anos e as aulas são gratuitas. Por ano são 240 formandos. Um convênio firmado com a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab) vai encaminhar os alunos para uma vaga de emprego.

Avalie esta matéria:     0

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Olá Convidado
publicidade
Facebook
Twitter