08/11/2012
Seja o primeiro a comentar

Aposentados prometem pressionar ministros em congresso na Bahia

Correio

Ganhos reais acima da inflação, equiparação dos índices de reajustes anuais de pensões e aposentadorias com os aumentos do salário mínimo, fim do fator previdenciário, melhores políticas públicas de assistência à saúde e o fim da Desvinculação da Receita da União (lei que permite o deslocamento de recursos da Previdência para outros fins).

Essas e outras reivindicações serão apresentadas por aposentados de todo o país aos ministros da Previdência, Garibaldi Alves, e da Saúde, Alexandre Padilha, durante o XXI Congresso Nacional de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Cnapi), que será realizado de hoje a domingo no Hotel Sauipe Park, em Costa do Sauipe.

"As perdas dos aposentados em 15 anos foram de  80%.O resultado disso é que os idosos estão cada vez mais pobres", disse a presidente da Federação das Associações de Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado da Bahia (Feasapeb), Marise Sansão. Segundo ela, a Bahia tem cerca de 1,8 milhão de aposentados, dos quais 50% estão endividados, devido à redução do valor dos benefícios.
 

Avalie esta matéria:     0

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Olá Convidado
publicidade
Facebook
Twitter