21/10/2013
Seja o primeiro a comentar

Confederação repudia decisão injusta do Supremo

COBAP

A exemplo de milhares de brasileiros, juristas e advogados, o diretor de imprensa e relações públicas da COBAP, Antonio Santo Graff, também ficou revoltadíssimo e indignado com a sentença massacrante do Supremo Tribunal Federal, que fez com que milhares de aposentados e pensionistas perdessem o prazo para ingressar com ações judiciais.

Segundo ele, os ministros repetiram a injustiça praticada há anos quando julgaram de forma desumana o "caso das pensionistas", favorecendo os interesses do Governo e prejudicando os idosos e necessitados.

"Infelizmente, há tempos os ministros do SFT têm tomado decisões políticas, praticando a injustiça", desabafou Graff.

Sua carta de repúdio será enviada na íntegra para entidades de aposentados, sindicatos, câmaras de vereadores, assembleias, confederações de trabalhadores e órgãos públicos de todo o Brasil.

Avalie esta matéria:     0

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Olá Convidado
publicidade
Facebook
Twitter